Sete dicas para manter em dia a gestão financeira do seu negócio

Para ter uma gestão financeira eficiente e organizada é preciso mais do que apenas conferir a conta bancária todo mês para ver se fechou com saldo positivo. É necessário estar atento a tudo que acontece no seu negócio, desde o acompanhamento do capital até o planejamento de cada etapa dos processos e a contabilização dos custos fixos e variáveis. Nesse sentido, elaboramos dicas infalíveis para você manter as finanças sempre em dia e, consequentemente, fazer o seu negócio crescer cada vez mais. Acompanhe!

1. Planeje-se

Planejamento é tudo! Com ele é possível ter uma visão ampla e clara do caminho a ser seguido. Por isso, antes de tomar qualquer decisão, elabore um planejamento com objetivos estratégicos bem definidos e ações muito bem estruturadas. Assim, você não corre o risco de ser surpreendido por alguma eventualidade e fica preparado para lidar com todas as adversidades do mercado.

2. Faça uma gestão orçamentária

É extremamente importante que a empresa apresente um plano de orçamento anual, que deve conter as projeções de receitas e despesas. Para isso, é necessário definir objetivos focados no financeiro do negócio. Desse modo, é possível estruturar estratégias de preço para os produtos ou serviços que você oferece e definir as melhores ações de mercado para o seu empreendimento crescer de maneira sustentável.

3. Tenha um controle mensal das finanças

Tão importante quanto se planejar é controlar as finanças mensalmente. Dessa forma, você consegue verificar se as projeções que estavam no seu orçamento estão, de fato, sendo cumpridas ou se é necessário uma reestruturação. Esse é o tipo de acompanhamento que permite identificar se algo está errado e, em caso positivo, corrigir rapidamente antes que se torne um problema maior e atrapalhe o desenvolvimento do seu negócio.

4. Administre corretamente o fluxo de caixa

Muitas empresas não conseguem alcançar o sucesso esperado devido à má gestão do fluxo de caixa. Isso pode acontecer por ganhos terem sido calculados de forma errada ou mesmo pelas perspectivas de gastos terem sido subestimadas, por exemplo. Como consequência, o negócio pode sofrer com diversos prejuízos. Para evitar que situações assim ocorram, contar com a ajuda de um sistema de gestão financeira é uma excelente alternativa para fazer essa administração corretamente e não correr nenhum risco que possa prejudicar a saúde financeira do empreendimento. Vamos falar mais sobre isso daqui a pouco!

5. Corte os gastos supérfluos

É comum as pessoas pensarem em diminuir ou extinguir os gastos somente quando precisam. Porém, por mais que algo pareça essencial, é preciso sempre se perguntar: isso é ou não é supérfluo? É mais saudável para o negócio que o gestor tome esse tipo de atitude antes mesmo que haja a necessidade — lembra da primeira dica, sobre o planejamento? Então, ela volta a ganhar destaque aqui, para que desde o início você garanta o aumento dos lucros e mantenha o foco só naquilo que é verdadeiramente importante.

6. Analise os resultados

Além de acompanhar os números da sua empresa, é preciso reservar um tempo para analisá-los e ver o que eles realmente representam. Dessa maneira, você consegue ter uma visão ampla do que está acontecendo mês a mês e pode evitar que algo que deu errado em determinado período se repita. E, é claro, pode aprender com o que deu certo e replicar o modelo para continuar conquistando resultados positivos. Por isso, faça relatórios mensais, assim, quando quiser dar uma olhada na situação do seu negócio em algum dos meses anteriores, será mais fácil entender de forma rápida e facilitada o que se passava naquele momento.

7. Conte com a ajuda de um ERP para a gestão financeira

Imagine a seguinte situação: você faz todos os controles financeiros da sua empresa em intermináveis planilhas cheias de fórmulas e anotações e, no fim do dia, está cheio de arquivos salvos em diversos lugares diferentes. Como encontrar exatamente o que você precisa no meio de tudo isso com agilidade? E a segurança das informações, está garantida com esse tanto de dados sendo preenchido manualmente? É fato que não, pois muitos erros podem ocorrer nesse processo. Basta um número trocado sem querer para gerar uma confusão daquelas nas finanças.

Mas pode ficar tranquilo, pois essas preocupações acabam com a utilização de um sistema de gestão financeira. Isso mesmo! Com um software ERP seus dados ficam seguros e acessíveis em um único lugar, garantindo a visualização de todas as informações de forma organizada e, consequentemente, tomadas de decisões assertivas.

Um bom exemplo de uma solução que proporciona esses benefícios às empresas é o Ema ERP. Trata-se de um software que ajuda você desde o planejamento até o acompanhamento de todos os processos do seu negócio, facilitando muito o seu dia a dia. Isso porque ele controla tudo o que está acontecendo ao seu redor: administra o processo de compras, mapeia o processo produtivo e faz um controle eficiente do financeiro e do estoque, garantindo uma gestão mais ágil e clara e, é claro, resultados melhores.

Que tal saber mais sobre esse sistema e melhorar a gestão financeira do seu negócio? Entre em contato com a gente e vamos, juntos, conquistar o crescimento estruturado e sustentável da sua empresa!

cta-ema-erp

Notícias Recomendadas