Blog

Livro 'O lado humano da gestão'

Uma história surpreendente, e acima de tudo, humana. Livro com linguagem simples, prática e fácil de entender.

Marcelo Rossi Longo
Head de Marketing na Ema
Tornar a vida ainda mais simples
28 Janeiro 2021 | Quinta-feira 09h18

Você já notou tudo passar tão rápido, sem que tenha tempo suficiente para perceber momentos importantes e incríveis na sua vida? Muitas vezes nos vemos sem tempo para cultivar o próprio "tempo".

Essa vida corrida que possui muitas coisas em jogo, responsabilidades que se tornam fardos pesados na caminhada ao invés de serem momentos que realizem e tragam felicidade. Esta é a realidade de muitas pessoas, empresários e gestores que carregam silenciosamente dificuldades ao empreender e entenderem o próprio negócio, que culmina ao desgaste e frustrações.



Independente do tamanho de sua empresa, é importante repensar alguns conceitos e trabalhar com um modelo de gestão que potencialize sua cultura organizacional, lhe traga felicidade, qualidade de vida para todos os stakeholders, e naturalmente o retorno financeiro.

Indicamos um livro que surgiu para iluminar os caminhos destes empreendedores, ajudar pessoas que querem fazer diferente e alcançar seus sonhos, seja profissional e pessoal.

Este livro se chama "O lado humano da gestão", escrito por André Marchioro, CEO da Ema, peregrino, filósofo, uma pessoa comum, que conta neste livro através de uma linguagem simples e fácil, quebrando paradigmas, mostrando exemplos práticos e reais, como foi a sua vida empresarial com um modelo de gestão inovador e baseado no capitalismo consciente. Uma história surpreendente, e acima de tudo, humana.

Que tal você empreendedor presentear seus executivos e líderes, que afinal de contas, são pessoas que anseiam por um amanhã próspero e repleto de felicidade, e este é um poder sem limites que você pode descobrir na sua equipe.

Para adquirir exemplares do livro, informamos aqui o site oficial:
https://ema.way.live/oladohumanodagestao

Confira no site oficial, o vídeo completo falando sobre o propósito de criação do livro, que é tão humano quanto o título do livro.